5 dicas para planejar seu intercâmbio

Apesar dos contratempos que surgem, no final, todo esforço é recompensado quando nos damos conta da experiência incrível que está por vir

0
154
Foto: Divulgação

O tão desejado sonho de estudar fora, ter novas vivências, conhecer pessoas de diferentes culturas e ainda afiar o idioma, pode tropeçar em inúmeros desafios até se tornar realidade.

Apesar dos contratempos que surgem, no final, todo esforço é recompensado quando nos damos conta da experiência incrível que está por vir. Para ajudar no processo de planejamento deste projeto de vida, listei algumas dicas, resultado de minha experiência pessoal como intercambista e empresária do setor.

Espero poder contribuir para inspirar esse seu projeto!

  1. Escolha qual modelo de intercâmbio deseja fazer

As agências especializadas oferecem vários formatos de intercâmbio, cada um desenhado para atender necessidades específicas. Entre os mais procurados, estão o High School, Au Pair, Work&Study e Work&Travel. Cursos de especialização em diferentes segmentos: como gastronomia e administração, além de programas voltados para estudantes mais velhos também estão conquistando os intercambistas.

  1. Reduza os custos do intercâmbio

Uma das maiores dificuldades para conseguir fazer intercâmbio é o custo do projeto. Hoje, programas como o Work&Travel e Work&Study são opções viáveis para quem não dispõe de tanta verba. Neles, o estudante pode trabalhar por meio período, ganhando um salário, em uma empresa definida com antecedência. A remuneração da atividade ajuda a reduzir os gastos com a viagem.

Seguindo este conceito, o programa Au Pair também é uma alternativa. Nele, o intercambista tem a oportunidade de morar na casa de uma família e auxiliar no cuidado com as crianças durante o dia. O trabalho cobre os gastos com a acomodação, refeição, além de contemplar uma bolsa de estudos, o que torna a experiência muito mais completa e acessível.

  1. Escolha o lugar e a época do ano ideais

Com tantas opções de programas de intercâmbio fica mais fácil escolher o destino, sem perder tanto tempo. Mas vale levar em consideração detalhes que fazem toda a diferença durante a viagem. O clima do local é um dos fatores mais importantes. Vale ainda se atentar ao período e estações do ano para não ter nenhuma surpresa. Por exemplo, você não vai aproveitar tão bem uma viagem para uma região de neve se não gosta do frio.

  1. Avalie quanto tempo vai ficar fora

Especialmente para quem está viajando sozinho pela primeira vez, ficar muito tempo longe de casa pode ser sofrido e desconfortável. Comece viajando por períodos menores, de duas semanas a 6 meses. Depois que ganhar mais confiança e independência, os programas de um ou dois anos ficam bem mais fáceis de encarar.

  1. Planeje-se com antecedência

O segredo para facilitar a viagem e realizar seu sonho é o planejamento antecipado. Quanto mais você planeja, mais confiante fica para os novos desafios, minimizando as chances de qualquer contratempo. Além disso, boa parte dos custos do intercâmbio podem ser pagos com valores mais atraentes e parcelamentos de até um ano.

A consultoria de profissionais especializados para realização deste projeto é fundamental. Uma empresa especializada está capacitada a orientar sobre o momento certo para decidir cada detalhe, como a escolha do seguro-viagem, que é sempre importante em caso de emergências.

É claro que por mais organização que você tenha, imprevistos sempre acontecem. Mas com foco e um plano de viagem a longo prazo as possibilidades de viver uma experiência inesquecível são infinitas.

Agora, inicie o planejamento do seu sonho e embarque conosco na melhor viagem da sua vida!


Por Sanrlei Polini, diretora da Travelmate unidade Alphaville


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here